25.7.09
















que queres que te diga se nem eu sei?






















que queres que te diga se nem eu sei? é só este gozo imenso que me dá o escrever. saber que não adianta escrever o que não se sabe nunca dizer. diz que disse mas não se diz. e será que alguma vez me lês? mas lês mesmo? pensas que me entras assim nas mais fundas entranhas sem nada dizeres na vã tentativa de me conseguires ler. gostaria ainda de um dia me aproximar o mais possível tocar_te nos dedos e com eles espalhar_me ao comprido na página. era esse o gozo da escrita sem se ler. ter aquele arrepio pela espinha acima sabes? mas como se não te conheço? mas sei que tentas ler_me. estou mesmo a ver deves pensar "bem espremida coitada não tem nada de nada". será? se é assim que me atiro à página com tudo para dar e não ter nada guardado para receber. raios me partam! a mim e ao meu escrever!









fotos de observatory
ia gagliani
e wkurwarjacya

8 comentários:

observatory disse...

gosto dos teus condimentos

isto fica mesmo bom.

bjº
c.
:)
rouba-me tudo :))

tu podes :)

oldmirror disse...

Foi bom

diana disse...

Gosto tanto, tanto do que escreves. Descreves o que me dói cá dentro.

Sun disse...

Fantástico o teu blog, um dos mais bonitos que já vi.

Paulo disse...

. na certeza de TE ler sempre .

. numa escrita a ser espaço no tempo .

. um beijo meu , Ivone .

Chris disse...

Escrever nas têmporas dos silêncios, é um raio de luz este seu espaço... Parabéns
Abraço
Chris

A.S. disse...

À sombra dos teus lábios
as palavras têm luz própria!
Podem ler-se... sentir-se como suaves caricias...


Ternos beijos...

observatory disse...

onde andas tu?