18.2.08

hoje visto branco




branco







cego_me de luz em branco

cerro os olhos ao que não é já nem nunca será
abate_se o céu nos meus ombros

e com ele carrego esse peso como se de um castigo se tratasse


um dia quando me livrar disso encontro_me contigo


por fim









dá_me um dia branco
uma terra plena de música





e não voltarei a partir




















as horas cinzentas conheço_as de cor
são horas mortas caladas
vividas sem som
são horas neutras despidas de branco
transparentes de dor






as horas cinzentas conheço_as de cor

15 comentários:

Alma Nova disse...

Como eu adoro as "horas brancas" e resplandecentes de luz...e detesto esse cinzento neutro e sem "cor".

ivone disse...

hoje visto branco porque branco é o dia hoje

alma nas horas brancas há dias...assim.

Justine disse...

Elegante, o teu blog, a preto e branco e cinzento, com um sorriso de cor aqui e ali.
Obrigada pela visita ao "Quarteto...", volta sempre :)

S. disse...

Veste-te de branco todos os dias.ainda que o céu insista no cinzento, pincela as tuas horas de luz!

Jorge Elias disse...

A morte é branca.

Jorge Elias

Carla disse...

também conheço essas horas cinzentas...
...prefiro o preto e branco, nas suas certezas dolorosas

O'Sanji disse...

"Dai-me um dia branco, um mar de beladona
Um movimento
Inteiro, unido, adormecido
Como um só momento.

Eu quero caminhar como quem dorme
Entre países sem nome que flutuam.

Imagens tão mudas
Que ao olhá-las me pareça
Que fechei os olhos.

Um dia em que se possa não saber."

Sophia de Mello Breyner Andresen

un dress disse...

cinza de cinzas.

quartas feiras de vida

vazia.

bettips disse...

Não tenho tempo para todos os amores mas passei por ti, hoje e não resisto:
Um mouro que raptou a sua princesa do norte e, para que ela não tivesse saudades da neve, fez com que as cerejeiras se vestissem de BRANCO... Esta a lenda linda!
Abç

bettips disse...

"As amendoeiras", digo correcto.
Mas podem ser todas as flores e todas as princesas enlanguescidas de saudade!

~pi disse...

dançar:

re

lento

Amaral disse...

O branco é cor da Luz!
Nos olhos cerrados a Luz sente-se nAquilo que sabemos ser...
As horas cinzentas "obrigam" a partir, porque são despidas do som que não tem som!...

Nina disse...

Entre o branco e o cinza tentamos governar as nossas vidas ...

Amo o teu blog, esta sempre tao limpo e arrumado.

Bjhos

ivone disse...

brancos
branco no branco justine



dá__me um dia branco s.





bem vinda ao branco jorge elias





na indecisão em branco
resta_______nos a certeza
do preto e do branco carla



"um dia em que possa não saber"
branco o'sanji



pó ao pó
un dress




cerejas brancas bettips




notas brancas ~pi



o meu branco tem som amaral




esbranqui___çá nina

Ana disse...

Dou-te flores coloridas e beijos com o calor do sol, para que na pureza desse teu branco estas cores te tragam mais alegria.


Beijos