28.8.07

o verbo ter


o verbo ter
eu tou tu tás ele tá
nós tamos vós tais eles tão
e eu sem te ter...

8 comentários:

arte por um canudo 2 disse...

Também gostava de "Ter" tudo só para mim.É o verbo que todos gostavam de possuir."Ter" é um sonho.E quem tem tudo mais nada precisa.Ou quem não tem nada dificilmente virá a ter.Um abraço

Amaral disse...

Ainda que tardiamente, comentei o teu "caso de amor"!
Sem te ter... não é para sempre, porque um dia conjugarás o verbo "ser"...

ivone disse...

arte

ninguém tem tudo.e quem não tem nada luta por ter alguma coisa por pequena que ela seja.

abraço

ivone disse...

amar____al


eu sou!

C_britto disse...

Ivone,


E eu “Terei “ o prazer em tê-la com amiga!

......


Bjooss...

Repórter disse...

Não gostava de ter tudo só para mim.
Está fora de questão.
Para mim, gostaria do essencial. Do que me desse condições para viver, com saúde, em paz e com amor.
Pouca coisa.
E não é difícil. nada mesmo.

Fica o conselho.

E um beijo.

Victor disse...

Querida Ivone
Muito imaginativa esta forma de conjugar formas verbais do verbo ter com o verbo estar (na sua dicção popular)dando ritmo no dizer...
A conclusão é subtil, transformando um sentir pessoal (eu) em algo que é comum à maioria das pessoas: o desejo reprimido de partilhar afectos...
[dou aqui nota da minha modesta interpretação, claro]
Beijinhos

Edson Marques disse...

Sem te ter... pode ser encarado positivamente: a liberdade do outro o fará despencar nos meus braços, certamente!


Belíssimo, o teu poema!


Abraços, flores, estrelas..



.