4.4.08

muda mas muda primeiro



amarga








amargura





























culpa








amargura descansada e triste
parece lonjura ou medo?
é quase certo
que nada existe
nada está perto
nem eu estou triste


















culpa que me segues sem eu querer
juras que me deixas decidir
aceitas ou não que nunca é tarde
aceitas ou não voltarei
se calhar se calhar
amanhã há-de haver mais
mas eu não sei
se calhar devagar
vou voltar à mágoa que deixei













amargura e culpa de pedro ayres magalhães







































muda






































mas muda












primeiro












porque não mudar
mudar de mim
mudar de estrada
mudar de atalho
mudar de mar
voltar as costas
bater a porta
mudar de vida
mudar de cor
mudar de palavra

mudar

misturar_me com novos gostos
novos ares
novos céus
novas ondas
voltar de novo às tardes quentes
mergulhar
afundar_me

mudar de marca
mudar de cheiros
mudar de tacto
mudar de pele
molhar de sal novas bocas








muda
mas muda primeiro

8 comentários:

Alma Nova disse...

Mudar...de ti?! Agarra-te, segura-te, voa mas em ti...e fica.

BaBy_BoY_sWiM disse...

É a primeira vez que venho ao seu blogue, e estou encantado!

Su disse...

muda.t...navega.t..

.em ti....

jocas maradas...sempre

cm disse...

espiral de emoções soltas, vestindo horizontes de silabas onde o vento se faz respirar...

pelas tardes quentes de um mergulho onde tudo se refaz

um abraço

Baraújo disse...

bem...

esta é a primeiríssima vez que aqui venho... e fiquei anestesiado.. completamente anestesiado... pelo conjunto pelo todo e pelas partes e pelos pormenores...

parabéns

beijo terno

~pi disse...

devagar

devagar

rebolar se

a

mudar




~

S. disse...

mudar sempre...para me perder de mim e reencontar-me por aqui, nas palavras que te nascem sempre tão certeiras ao sentimento que nem sempre sei dizer...

mudar para (re)nascer...

Obrigado pelo carinho :)

ivone disse...

vou mudar
aqui

almababysucmbaraújo~pis.