27.4.08

no entretanto nada

no entretanto












nada



















chamo_te porque tudo está ainda no princípio
e suportar é o tempo mais comprido
peço-te que venhas e me dês a liberdade
que um só dos teus olhares me purifique e acabe
há muitas coisas que eu quero ver


peço_te que sejas o presente
peço_te que inundes tudo


e que o teu reino antes do tempo venha
e se derrame sobre a terra
em primavera feroz pricipitado






sophia de mello breyner






















seguro_me no fino fio que me prende ainda ao princípio do fundo do mundo
e fico à espera de um dia chegar ao cimo





































no entretanto nada
descanso_me
.
.
.
.
.
.

18 comentários:

Baraújo disse...

como sempre... muito bonito..
diz-me. as fotos sao da tua autoria?

fazes umas composiçoes mmo mto interessantes... adoro. como mil vezes ja te disse e outras mil direi.

beijo terno

ivone disse...

baraújo

as fotos não são minhas mas resultado de horas infinitas de pesquisa num site que tenho adicionado aos favoritos. falha minha quase sempre nunca as identificar mas regra geral são de fotógrafos da polónia roménia croácia. e vá_se lá entender a minha preferência pelos países de leste. acho que tem a ver com o surrealismo da leitura que me conduz na maior parte das vezes à subjectividade pretendida na minha escrita.

mais alguma questão é só perguntar

fica bem e volta sempre
bj

NAELA disse...

Ivone gostei mesmo do teu blog, as fotos são muito bem escolhidas, dão vida aos teus textos!
Beijo doce

mateo disse...

Um fio fino do fundo ao cimo...
E, afinal, nada acontece?
Valeria a pena ter subido?
Beijo

ivone disse...

naela
seja bem vinda e volte sempre que quiser o prazer será meu


mateo
mas se eu ainda não subi?
descanso_me a meio para o fino fio se não quebrar.

m@tix disse...

Gostei do Blog, o Banner está muito louco!!

Andreia Ferreira disse...

Que imagens tão bonitas! E a Sophia e as tuas palavras... Lindo! ***

Carla disse...

e eu descanso-me neste teu espaço...tão divinal
beijos

ivone disse...

m@tix
e o que é o banner??


andreia
tudo por aqui é belo. faço questão de. para que nos adianta o feio?


carla
o divino está no fim do fino fio
bj

S. disse...

Peço-te que inundes tudo e que alcances o cimo do mundo com a subtileza destas delicadas mensagens.

Muitos claps para ti também e um beijo terno*

isabel mendes ferreira disse...

no entretanto.






.



a beleza!!!!!

Maria José disse...

No entretanto, fica-se à espera. E dorme-se o sono da beleza ou da tormenta.

ivone disse...

s.

pedes_me muito
resta_me tentar subtilmente na escrita




isabel mendes ferreira
a beleza nos entretantos e sempre





maria josé
dorme_se
descansando das tormentas à espera da beleza

O'Sanji disse...

No entanto... o silêncio é subitamente desfeito com tanta beleza.

Jorge Elias disse...

"e suportar é o tempo mais comprido".
É amiga, elaborar a vida,
manter a borboleta viva no fundo do poço, buscando uma térmica que a suspenda ao céu.

Parabéns,

Jorge Elias

José M. Barbosa disse...

Estou espantado. Não conhecia.
Belíssimo.

Z.

TINTA PERMANENTE disse...

no entretanto... delicio-me com esta (sempre) perfeita mistura da palavra com a imagem, uma estética viva, recortada e impossível de lhe escapar aos recortes!...

abraços!...

...e os eternos agradecimentos pelas 'pérolas' que vão ficando junto aos comentários!

ivone disse...

o'sanji
que bom que vieste
assim o silêncio se quebra mais uma vez.



jorge elias
nunca mas nunca mais consigo chegar ao céu...




josé m. barbosa
espante_se e encante_se. bem vindo à minha casa.



tinta permanente
são pérolas senhor são pérolas...