1.5.08

só desejo

só desejo










só desejo
o eterno desejo
































e por que haverias de querer a minha alma

na tua cama?

disse palavras líquidas deleitosas ásperas

obscenas porque era assim que gostávamos

mas não senti gozo prazer lascívia

nem omiti que a alma está além

buscando aquele outro






e te repito: por que haverias

de querer minha alma na tua cama?

jubila_me da memória de coitos e de acertos

ou tenta_me de novo obriga_me.




obriga_me


hilda hilst


























e porque deveria eu de querer encontrar_te no branco da minha cama com tanto branco que há por aí?


por ventura seria fantástico um encontro onde em nuvens de cinza me pudesse deitar no teu colo.

mas não há branco nem cinza nem ventura


só os eternos









































































só desejo




de ti
.




24 comentários:

José M. Barbosa disse...

Muito, muito, muito, Bom.
Porque é que enquanto via e lia ouvia "The great gig in the sky" - Pink Floyd ?

Provávelmente porque fiquei mudo.

Z.

ivone disse...

josé m. barbosa
porque the dark side of the moon é eterno. porque the great gig in the sky é sublime. porque floyd é desejo. é provável que sim...porque não?
e porque tem de haver um porque?
só porque nos apetece só porque o desejamos.

.i

Sérgio Figueiredo disse...

O meu maior agradecimento pela visita e comentário no meu blog.

Em retribuição, entro a porta deste teu espaço e vislumbro um caminho para uma nova Amizade. Obrigado.

O pouco que ainda li do teu blog não permite um comentário honesto. Contudo, fico muito agradado com a beleza de todas as tuas imagens o colorido de fundo muito tranquilizante e aspecto geral muito em estilo Arte.

As palavras, bem utilizadas, expressam sentimentos, amargurados e também desejados.

Beijo Amigo

Baraújo disse...

bem. nao me canso de dizer. por isso espero q nao te canses de ouvir/ler. estas imagens sao uma coisa... PARABENS pelo teu BOM GOSTO. e depois a forma como combinas tudo isso com textos q tao bem escolhes e com finais q tao bem consegues fazer...

PERFEITO

um enorme beijo terno

ivone disse...

sérgio figueiredo
agradeço de facto só comentários honestos. porquê a desonestidade para comentar algumas fotos textos e sentires meus?

tem muitos outros antes que são meus preferidos mas claro está que não te vou dizer quais. espero que com tempo os descubras.

no entretanto fico aguardando a tua honestidade.

bj

ps: e são sentimentos amargurados e desejados sim.

ivone disse...

baraújo
de "menina" ainda tento manter a "moral" da história em cada final. de cada texto escrito apontamento ou poema (chama_lhe o que te apetecer) retenho na memória o sentir. o que consigo "expremer" cabe_me a mim ter a palavra final. sou assim só. sempre com sensibilidade à flor da pele.

fica bem

ps: e obrigada pelo enorme beijo terno. acentou que nem uma luva.

.i

Maria José disse...

Só um anseio... de Alguém. Não de qualquer um. Seja como for.

S. disse...

...mas se de desejos se constroem verdades, não deixes de querer esse encontro, branco ou cinza ou de todas as cores da eternidade :)

Pedro Branco disse...

Voltamos sempre ao lugar da memória que nos aconchega o calor da pele. Mesmo que seja em vão... Voltamos e ficamos. Porque lá o nosso corpo arde sem nos rebentar as lágrimas ou a alma. Por isso há rios. E rios. E rios. E rios. Desejos ardentes de cá para lá, entre a nascente e a foz. Onde voltamos. E ficamos...

zm disse...

Só encontro uma palavra que respeite e condizente com a indescritível beleza das emoções e imagens que aqui descobri:

Silêncio.

Obrigado

ivone disse...

maria josé
nunca de qualquer um! antes de nenhum do que de um qualquer sem dúvida nenhuma.



s.
esse encontro é só desejo. e eu quero acreditar nessa mentira. eternamente.



pedro branco
nunca é em vão que se volta sempre ao lugar da memória. regressamos lá para o reconforto apesar de também por lá nos rebentarem as lágrimas. mas construir_mos rios. e navegamos em desejos.




zm
silêncio.
sim





.i

tufa tau disse...

e porque há-de ser branco se também este pode ser opaco?
nas memórias vivem algumas transparências com base negra.
até as memórias são atraiçoadas por nós... pelo desejo de ti.



abraço

Carla disse...

"Tomas-me o corpo. E que descanso me dás
Depois das lidas. Sonhei penhascos
Quando havia o jardim aqui ao lado.
Pensei subidas onde não havia rastros.
Extasiada, fodo contigo
Ao invés de ganir diante do Nada."
Hilda Hilst fala por mim

mateo disse...

Que seria da desilusão se não fosse o desejo?
Ou será ao contrário?
Os claros_escuros de se ser.
Beijo.

ivone disse...

carla
a hilda hilst só se comenta com hilda hilst. tens razão:



Toma-me. A tua boca de linho sobre a minha boca

Austera. Toma-me AGORA, ANTES

Antes que a carnadura se desfaça em sangue, antes

Da morte, amor, da minha morte, toma-me

Crava a tua mão, respira meu sopro, deglute

Em cadência minha escura agonia.




bj
.i

ivone disse...

tufa tau
de hoje em diante vou trair memórias e amaldiçoar opacos.
quero transparência no desejo de ti!



.i

Bloguemate disse...

Desejo de te ler era o que tinha, agora saciado, até breve

alice disse...

gostei muito de conhecer este blog. com imagens maravilhosas e uma selecção cuidada de palavras mágicas. agradeço a sua visita e daqui em diante serei sua visita.

ivone disse...

mateo
desiludida desejo também. se o meu desejo é tão forte mas tão forte que o querer não tem espaço para desilusão. mesmo desiludida desejo. se desejo. que desejo!
no desejo não há espaço para desilusão.




bloguemate
se o meu desejo era ter_te aqui. continuar a desejar que me leias. oxalá seja eterno. não seria pedir muito. seria?



alice
essa pintura de gala do dali à janela já por si só é um desejo de se ver por aqui . e a palavra por cá é mágica. se é!

Gi disse...

o desejo

sim

essa transparência


bela a conjugação de palavras e imagens .

Um beijinho

Nogs disse...

Enquanto existe o desejo, existe a vontade de o concretizar.
Porquê querer a sua alma na minha cama?
As suas pernas de nuvens sendo o meu regaço?
Porque de camas, palavras e desejos vazios já estou farta.
Gosto de luxúria, mas gosto mais de a fazer com amor.


Beijo doce.

PS: É surpreendente como o teu blog está sempre fabuloso.

Beijo

NAELA disse...

Ivone "Desejo" que nos transporta para um Universo de cores e textos que falam, dando vida a caricias infinitas!
Beijo doce

ivone disse...

gi
sua desaparecida. onde tem andado durante este tempo todo?
a imagem completa_se na palavra e a palavra na imagem. não vivem sós. e desejam_se também.




nogs
quem me dera ter a minha alma na tua cama. sem luxúria. ou com. apenas quero. e vai desculpar_me mas discordo de ti quando dizes "enquanto existe o desejo, existe a vontade de o concretizar."

pensa bem: a partir do momento em que concretizes o teu desejo ele depois deixa de o ser. digo eu.

bj
ps: o fabuloso do blog é o que me vai na alma...




naela
ainda bem que voltaste.
as carícias essas estão bem vivas nas letras e nas imagens. por enquanto. só desejo.

Luís Galego disse...

não é obrigatório
vir aqui
é um prazer...