30.1.09

então. sempre ouvi dizer a vida a dois é um osso duro de roer
e de enterrar e esgravatar para cheirar e confirmar o lugar
o asilo o lar doce lar
excepção feita aos onanistas
só ligam ás fotos das revistas

tu lavas eu limpo
tu sonhas eu durmo
tu branco e eu tinto
tu sabes eu invento
tu calas eu minto
arrumas e eu rego
retocas eu pinto
cozinhamos para três
tu mordes eu trinco
detestas eu gosto
magoas eu brinco

mas se me morres eu sinto



cerimónias de rui reininho














naturezas mortas é assim sim. sou natural de mortes. e o que me consegue ainda manter viva é o fumo. essa coisa cinzenta com que me levanto e me deito todos os dias. fuma comigo. trava o cinza na garganta e fica uns dias sem respirar. não te assustes porque não é disso que se morre. acender o isqueiro e levar o cigarro à boca é como que um beijo. um acto de confissão. agora abre a língua e deixa_me retocá_la de cinza. apaga a boca e deixa_ me respirar o teu fumo. limpa a garganta na minha.


tu sais eu fico
tu morres eu sobrevivo
tu choras eu não rio
tu foges eu não


mas se me morres eu sinto
fotografias de marta laura

9 comentários:

Inominável Ser disse...

o fumo
espaço dentro
espaço adentro
garganta
vazio vdio
garganta
tarântula suprema
garganta
engolir
engolir
engolir
parir uma nação
aos nove meses
de fumo à exaustão
de amores
de calores
de palores
de ardências
infindas
infindas
infindas

Paulo - Intemporal disse...

A paixão é o resultado que se sente.

Se me morres eu sinto.

e jamais deixarei de sentir.

[Fabuloso este espaço, onde pernoito]

Um beijo, Ivone.

diana disse...

Fabuloso. O amor fará sempre com que sintamos.

maria josé quintela disse...

"porque não é disso que se morre."



pois não ivone. pois não.



um beijo.

pin gente disse...

não tu sabes quanto sinto
e não minto


um beijo, ivone

M. disse...

se se sente até cada palpitar do coração como não há-de nos sobressaltar uma morte? senti-la. mesmo que seja apenas o cigarro vivo entre os dedos

beijo

isabel mendes ferreira disse...

sinto sempre....como que um arrepio.


quando aqui venho.




BOM!




beijo.

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

Sarava!

e ping pong...

será que o ditado é sábio (os opostos atraem-se) ...


beijos miúda!

bARAUJO disse...

desculpa, o silencio das minhas palavras... nos ultimos dias...

eu nao partilho esse cigarro que queima durante a noite... mas nao fujo... e permaneço no lugar, onde sempre me podes encontrar... e conversar... acompanhado por um café, talvez!

beijo [E] terno